Importa obedecer a Deus?

Em Salmos 89.14 temos uma esplêndida declaração sobre Deus: “Justiça e juízo são a base do teu trono; misericórdia e verdade vão adiante do teu rosto.” Satanás sabe que Deus é justo e pune a desobediência, então ele induz o homem ao pecado. Ele fez isto no início do mundo e assim nos tornamos, por natureza, propensos à desobediência a Deus! Em Romanos 11.32 lemos sobre o resultado do fracasso humano e a providência divina: “Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia.”

Na verdade se não fosse mesmo a misericórdia de Deus não haveria nem plano de salvação para nós. Em Lamentações 3.22 isto é muito claro. Assim escrito: “As misericórdias do Senhor são as causa de não sermos consumidos!”

livre arbítrio: obedecer ou desobedecer

Em Cristo somos livres para obedecer

Através das Escrituras sabemos que Deus em seu grande amor enviou Cristo ao mundo para nos salvar. Uma vez salvos somos habilitados por Ele a andarmos em obediência. A obediência é a principal evidência para sabermos se somos realmente salvos ou não. Em Hebreus 5.8,9 está escrito: Pois Cristo, “ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem.”

Quando os colossenses se converteram o apóstolo Paulo imediatamente lhes advertiu sobre o perigo da desobediência. Em Colossenses 3.5 lemos: “Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria, por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.”

É possível obedecer a Deus neste mundo perdido?

Obedecer a Deus não é algo tão difícil como muitos pensam. O que dizem as Escrituras sobre este assunto? Em 1 João 5.3 lemos: “Os seus mandamentos não são pesados!” Na verdade, o pesado mesmo é arcar com as conseqüências da desobediência, pois o preço do pecado é muito alto. É o pecado que nos separa da família, dos amigos e da sociedade. Devemos sempre lembrar que foi exatamente o pecado que nos separou de Deus no início do mundo. O pecado nos separa eternamente de Deus caso não nos convertamos antes da morte física.

Graça de Deus para obedecer

Quando recebemos a Cristo como Salvador recebemos recursos de Deus para o obedecermos: O fruto do Espírito Santo. O apóstolo Paulo testificou que recebeu “graça e o apostolado para a obediência da fé entre todas as gentes pelo seu Nome.” (Romanos 1.5) Em Tiago 4.6,7 também lemos: “Antes ele nos dá uma graça maior. Portanto, diz a Escritura: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos a Deus, resisti ao diabo e ele fugirá de vós.

O que ocorreu no início do mundo foi que Adão e Eva não se sujeitaram a Deus, e nem resistiram ao diabo por isso caíram em desobediência! Mesmo assim Deus manifestou sua graça para conosco enviando Jesus Cristo ao mundo a fim de sermos vencedores sobre o diabo e as tentações. Você tem visto pessoas fortes e consolidadas na fé? Eles não são super-homens, essas pessoas apenas aprenderam a viver pela graça de Deus. Este é o desejo de Deus para nossa vida. Em Romanos 8.37-39 lemos: “Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

Textos relacionados:
Vamos crer ou não?
Vida permanente nele
Estamos vivendo como filhos de Deus?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *