São poucos os que se salvam?

Quando Jesus se dirigia a Jerusalém alguém lhe perguntou: Senhor, são poucos os que se salvam? E ele lhe respondeu: Esforçai-vos por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão.” (Lucas 13)

Por que muitos não poderão entrar
Na resposta de Cristo fica claro que não podemos entrar no reino de Deus à nossa própria maneira. A mensagem central dele desde no início de seu ministério foi esta: “Arrependei-vos e crede no Evangelho.” (Marcos 1.15) Se o arrependimento é necessário para sermos salvos, é porque nascemos em pecado e bem dispostos a viver a nosso bel prazer! Reconhecer este fato é o primeiro passo rumo à salvação e poucos são os atentam para esta realidade.

Imagem de São poucos os que se salvam

Muitos acreditam que já estão salvos

Este mundo possui sua própria filosofia de vida e até considera o pecado como algo normal e necessário à vida. Mas esse discurso não corresponde ao que Deus estabeleceu em sua Palavra. O apóstolo Paulo enfatizou aos efésios: “Bem sabeis isto, que nenhum imoral, ou impuro, ou ganancioso, que é idólatra tem herança no Reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.”(Efésios 5.5,6) O apostolo Tiago também declarou: “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” (Tiago 1.22)

A salvação não é um discurso vão
Quem nunca ouviu a história do grande dilúvio que Deus enviou ao mundo por causa da desobediência humana? Em Hebreus 11.7 lemos assim: “Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.” (Hebreus 11.7) Aqui se conclui que Deus tem apenas duas formas de lidar com o pecado: ou ele perdoa ou pune a desobediência. Porém o grande desejo de Cristo é salvar. Em Isaias 59.1-3 está bem claro: “Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Porque as vossas mãos estão contaminadas de sangue, e os vossos dedos de iniqüidade; os vossos lábios falam falsidade, a vossa língua pronuncia perversidade.” Em uma situação dessas, quem não precisa se arrepender? Os que pereceram no dilúvio estão agora aguardando o dia do juízo onde serão condenados eternamente. Deus, porém preparou um descanso para os salvos. Em Hebreus 4.11 está escrito assim: “Procuremos, pois entrar naquele repouso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência.” (Hebreus 4.11)

Textos relacionados:
O reino de Deus está próximo!
Importa obedecer a Deus?
Salvação, será que levamos este assunto a sério?
A obediência a Deus

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *