A Bíblia – O que ensina este livro?

A Bíblia é um livro de ensinamentos práticos para quem quiser obter uma vida útil e bem sucedida.
Em Salmos 19.8-11 lemos: “Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e ilumina os olhos. O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente. Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos. Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande recompensa.” (Salmos 19.8-11)

A Bíblia nos ensina avaliar nossos relacionamentos
Em Salmo 1.1-3 lemos: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do senhor, e na sua lei medita de dia e de noite, pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.”; Porque “o caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada; é um escudo para todos os que nele confiam.” (Salmos 18.30)

A Bíblia é fonte de vida e instrução
“Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.” (Provérbios 4.13); “Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida.” (Provérbios 6.23); “Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.” (Salmos 36.9); “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que cumprem os seus mandamentos; o seu louvor permanece para sempre.” (Salmos 111.10) “Porque melhor é a sabedoria do que os rubis; e tudo o que mais se deseja não se pode comparar com ela.” (Provérbios 8.11)

A Palavra de Deus não pode ser destruída
Por um razão muito simples: “Não há sabedoria, nem inteligência, nem conselho contra o Senhor.” (Provérbios 21.30) “Quem é como o Senhor nosso Deus, que habita nas alturas?” (Salmos 113.5) “Para sempre, ó Senhor, a tua palavra permanece no céu.” (Salmos 119.89); “O Senhor reina; regozije-se a terra; alegrem-se as muitas ilhas. Nuvens e escuridão estão ao redor dele; justiça e juízo são a base do seu trono. Um fogo vai adiante dele, e abrasa os seus inimigos em redor.” (Salmos 97.1-3) “A tua mão se exaltará sobre os teus adversários; e todos os teus inimigos serão exterminados.” (Miquéias 5.9)

A Palavra de Deus se cumpre fielmente:
Josué, um dos mais valorosos líderes em Israel pode dizer: “Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o Senhor falou à casa de Israel; tudo se cumpriu.” (Josué 21.45) O que Deus disse ao profeta Jeremias: “Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira.” “E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la.” (Jeremias 1.11,12)

As Escrituras não contêm erros e tudo se cumprirá
Em Salmos 33.4 lemos: “Porque a palavra do Senhor é reta, e todas as suas obras são fiéis.” A Bíblia não contem enganos; “Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta.” (Hebreus 6.18) Disse Jesus: “Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.” (Mateus 5.18)

A Bíblia é conselho de Deus
“Assim diz o Senhor, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.” (Isaías 48.17); “Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria; eu sou o entendimento; minha é a fortaleza.” (Provérbios 8.14); “Ouve o conselho, e recebe a correção, para que no fim sejas sábio. (Provérbios 19.20)

O conselho de Deus e o pensamento humano
Qual a por quê do fracasso humano? Em Provérbios 1.30-33 Deus diz: “Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão. Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos. Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá. Mas o que me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal.”; “Ai dos filhos rebeldes, diz o Senhor, que tomam conselho, mas não de mim; e que se cobrem, com uma cobertura, mas não do meu espírito, para acrescentarem pecado sobre pecado!” (Isaías 30.1)

A condição da felicidade (bênção)
Como podemos ser alcançados pelas bênçãos de Deus? Em Deuteronômio 11.17 lemos: “A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do Senhor vosso Deus, que hoje vos mando.” A obediência tem uma recompensa: “Saberás, pois, que o Senhor teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e guardam os seus mandamentos.” (Deuteronômio 7.9); “Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade.” (Provérbios 2.7); “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15.7)

Por que a Bíblia foi escrita?
“Tu ordenaste os teus mandamentos, para que diligentemente os observássemos.” (Salmos 119.4); “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.” (Eclesiastes 12.13,14); Deus disse a Israel: “Guarda e ouve todas estas palavras que te ordeno, para que bem te suceda a ti e a teus filhos depois de ti para sempre, quando fizeres o que for bom e reto aos olhos do Senhor teu Deus.” (Deuteronômio 12.28)

Textos relacionados:
Estamos examinando as Escrituras?
O reino de Deus está próximo!
Vamos crer ou não?
Reforma protestante
A verdadeira Páscoa




0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *