Três acontecimentos que impactaram o mundo

A primeira notícia que mais impactou o mundo não foi uma boa notícia. Quando Adão e Eva erraram eles ficaram destituídos da glória de Deus e a conseqüência pesou sobre toda humanidade. Em Salmos 53.2,3 lemos assim: “Deus olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus. Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não, nem sequer um.” Graças a Deus a nossa história pode ser reescrita novamente.

imagem do édenEm seu grande amor Deus elaborou um plano para salvar o homem de seus pecados. Cristo se prontificou a pagar o preço por nós: “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei.” (Gálatas 4.4); “o qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós.”  (1 Pedro 1.20).

Nas Escrituras Deus explica muitas vezes o motivo do sacrifício de seu Filho: Em Lucas 19.10 lemos resumidamente que “o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” Cristo veio para nos regenerar, ou seja, para mudar o nosso estilo de vida. Em 1 Pedro 2.24 lemos:  “Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.”

Não devemos temer. O diabo pensou que havia estragado tudo, mas “Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele.” (Atos 10.38). Em 1 João 3.8b lemos: “Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.”

A segunda notícia que mais impactou o mundo foi a ressurreição de Cristo dentre os mortos. É claro, o pecado trouxe consigo a morte. Cristo não pecou e por isso pôde vencer a morte ressuscitando dentre os mortos. Vejamos: “E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.” (Marcos 16.9) “Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados à mesa, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado.” (Marcos 16.14) Cristo após cumprir o seu ministério na terra voltou com um corpo glorificado ao céu. Em Atos 1.2,3 lemos que ele “foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera; aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.”

A terceira notícia que mais impactou o mundo foi o batismo de poder (batismo no Espírito Santo) Este dom precioso foi dado aos que creram a fim de anunciarem com poder a boa notícia da salvação pelo mundo. Em Atos 1.8 lemos: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” De fato, em Atos 4.33 lemos que “os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.” (Atos 4.33). Em Tessalônica o impacto desse poder foi noticiado assim: “Estes que têm alvoroçado o mundo, chegaram também aqui.” (Atos 17.6b) E em Éfeso? Paulo pregou lá, “e durou isto por espaço de dois anos; de tal maneira que todos os que habitavam na Ásia ouviram a palavra do Senhor Jesus, assim judeus como gregos. E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias. (Atos 19.11) Esta boa notícia já está entre nós!

Não importa a quantidade ou o grau de nossos pecados, para sermos salvos devemos apenas seguir o conselho das Escrituras: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.” (Atos 2.38) Tem mais: Cristo nos promete um lugar superior ao jardim do Éden. Você já confessou a Cristo como seu Salvador? Veja o que disse sobre isto: “Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.” (João 17.24)

Textos relacionados:
O que significa confessar a Cristo
A cidade de Deus
Algo pode anular a fidelidade de Deus?

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *