A vingança vale a pena?

Será que a vingança compensa? Temos realmente estrutura emocional para suportar suas conseqüências? O que realmente acontece quando nos vingamos? Em Provérbios 24.29 lemos assim: “Não digas: Como ele me fez a mim, assim o farei eu a ele; pagarei a cada um segundo a sua obra.” Todo mundo precisa saber o fundamento do conselho divino para jamais fazermos uso da vingança.

Primeiramente precisamos saber que a base de todo mandamento divino reside no grande amor de Deus por nós. Deus sabe que a vingança apenas impede o nosso bem estar em todas as áreas de nossa vida. Vejamos o mais que a Bíblia declara sobre este assunto:

1. A vingança pertence somente a Deus.
Somos tentados a pensar que temos algum direito à vingança. Se agirmos assim simplesmente assumimos um lugar que pertence somente a Deus! Em Salmos 94.1,2 está escrito:“Ó Senhor Deus, a quem a vingança pertence, ó Deus, a quem a vingança pertence, mostra-te resplandecente. Exalta-te, tu, que és juiz da terra; dá a paga aos soberbos.” Em Romanos 12.19 também lemos: “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor.”

2. Não sabemos vingar! – Somente Deus opera a vingança de forma justa.
A ira de Deus é totalmente diferente da ira humana. Trata-se de uma ira santa, aplicada de acordo com sua justiça e verdade. Em Jó 34.11,12 lemos assim: “Porque, segundo a obra do homem, Ele lhe paga; e faz a cada um segundo o seu caminho. Também, na verdade, Deus não procede impiamente; nem o Todo-Poderoso perverte o juízo.” Em Jeremias 32.19 lemos que Deus é “grande em conselho, e magnífico em obras; porque os teus olhos estão abertos sobre todos os caminhos dos filhos dos homens, para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas obras.”

3. A vingança humana sempre resultará em adversidades
Como Deus compara uma pessoa emocionalmente descontrolada? Em Provérbios 25.28 está escrito: “Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.” Em Salmos 37.8,9 lemos também: “Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal, porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra.” A vingança humana sempre resultará em amargura, tristeza, inimizades e ainda futuros revanches! Deus em seu amor visa nos poupar de tudo isto. Em Provérbios 3.7,8 lemos assim: “Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal. Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.”

Exemplo de pessoas que deixaram a vingança com Deus:
1. Paulo quando perseguido: “Alexandre, o latoeiro, causou-me muitos males; o Senhor lhe pague segundo as suas obras.” (2 Timóteo 4.14)

2. Davi quando perseguido pelo rei Saul: “Julgue o Senhor entre mim e ti, e vingue-me o Senhor de ti; porém a minha mão não será contra ti. Como diz o provérbio dos antigos: Dos ímpios procede a impiedade; porém a minha mão não será contra ti.” (1 Samuel 24.12)

3. Jesus quando entregue na mão dos pecadores: “Quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.” (1 Pedro 2.23,24)

Somente Cristo pode nos livrar do sentimento de vingança. Você foi injustiçado? Lembre-se do Salmo 37.5,6: “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.”

Textos relacionados:
Algo pode anular a fidelidade de Deus?

4 respostas
  1. Serginho
    Serginho says:

    Matéria edificante e totalmente embasada na Palavra de Deus, ademais acrescida de um comentário coerente, proveniente de uma mente influenciada pela comunhão com Deus. Muito bom mesmo, continue nos abençoando com essas maravilhosas reflexões.Um abraço.

    Responder
  2. Equipe Semeador
    Equipe Semeador says:

    Obrigado Sergio. Na verdade estamos vivendo em um mundo intolerante. No meio destas turbulências precisamos ter uma bússola de orientação segura e nada mais conveniente que fazer uso da autoridade da Palavra de Deus para o nosso consolo. Obrigado por visitar nosso site. Volte sempre.

    Responder
  3. jose amaral
    jose amaral says:

    muito bom! fui convidado a trazer um estudo biblico pra um grupo de irmãos com o tema VINGANÇA VALE APENA? ai me deparei com esse estudo que foi muito importante na minha vida e me ajudou muito na apresentação do estudo.
    obg Deus continue abençoando suas vidas.

    Responder
  4. daiane
    daiane says:

    Ótimo texto. Sou grato a Deus por ter encontrado este link. Estava pensando em me vingar de uma pessoa mas pude pensar melhor e chegar a conclusão de que a vingança não vale a pena.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *