O feminismo e a igreja

O feminismo e o cristianismo

cristianismo e feminismo

Este artigo tem não apenas o objetivo de esclarecer o real conceito do que seja o feminismo, mas também tenho como servo do Senhor a obrigação de esclarecer o perigo que muitos cristãos e cristãs estão correndo atualmente ao aderirem a esta ideologia. Atualmente, muito se tem falado sobre o feminismo e a igreja de Cristo, um movimento que tem se espalhado pelo mundo todo. O maior objetivo desse movimento, não é dar voz e nem vez às mulheres, como muitos pregam; mas sim tornar tais mulheres cada vez mais distantes do Senhor.

Um movimento que prega a “libertinagem feminina”, “direitos iguais aos do homem”, “meu corpo, minhas regras”, “insubmissão”, de cara qualquer cristão que esteja pautado na palavra de Deus percebe que tal ensinamento é contra os princípios bíblicos. E como não podemos servir a dois senhores (Lc 16:13 ), ou somos cristãos ou feministas!

Porque o feminismo não pode se misturar como o cristianismo?

Desde o princípio Deus criou homem e mulher com papéis distintos ( Gn 2:18), a mulher na criação tem  papel de auxiliadora, de ajudadora. Ao homem Deus ordena que cuide do jardim, domine sobre todos os animais ( Gn 2:15e Gn 1:26 ), e à mulher dá a tarefa de auxiliar o homem nessa. Portanto, desde o início o Senhor desfaz o atual pensamento de muitas mulheres: ” somos melhores que os homens, não precisamos deles”, essa é uma mentira de satanás, para perverter os princípios criados pelo Senhor, e infelizmente muitos tem crido nisso.

O movimento feminista na verdade desvaloriza a mulher, ensinando libertinagem e desrespeito, vemos direto nas redes sociais e outras mídias como elas se manifestam: sem roupa invadem ruas, praças e igrejas querendo impor um pensamento que elas conceituam de “luta por direitos iguais”, mas não entendem que seus atos são uma afronta ao Deus Todo Poderoso. Essas atitudes vinda de descrentes que não conhecem a palavra pode até ser entendida, pela sua ignorância, porém esse mesmo pensamento é cada vez mais frequente dentro das igrejas, o que é inaceitável.

As Escrituras declaram explicitamente: “Porque o varão não provém da mulher, mas a mulher do varão. Porque também o varão não foi criado por causa da mulher, mas a mulher por causa do varão… Todavia, nem o varão é sem a mulher, nem a mulher sem o varão, no Senhor. Porque, como a mulher provém do varão, assim também o varão provém da mulher, mas tudo vem de Deus” (1 Co 11:8,9,11,12). O fato de que a mulher “vêm do homem” não mostra desigualdade, ela não é inferior, mas igual, ajudadora e, entre o homem e a mulher há igualdade, mas com distinção. E é por isso que o fato de que a mulher “vêm do homem” também demonstra o privilégio que Deus concedeu ao homem, além do concedido a ela em conceder ao homem o lugar que Deus lhe deu. Homem e mulher são iguais moralmente e ambos tem o mesmo direito a salvação, mas o homem é a cabeça posicionalmente.

Os princípios do cristianismo se opõem ao feminismo, pergunte a qualquer mulher que afirma ser uma feminista se ela é a favor de uma esposa submeter-se a seu marido no casamento. Ela raramente vai dizer sim. Por quê? Porque ela acredita que igualdade com os homens significa “não ter distinção”, já a Bíblia diz: “Vós, mulheres, submetei-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o Salvador do corpo” ( Ef 5:22 ). Aos olhos das feministas, a igualdade significa que as mulheres devem ter os mesmos trabalhos que os homens, mesmos planos de vida, mesmos papéis no casamento que os homens e Deus não vê dessa forma.

O fato é que quando as mulheres saem do seu lugar, se transformam em presas especiais do diabo. Na parábola foi uma mulher que introduziu o fermento nas três medidas da massa  como  uma introdução de princípios corruptos, que permearam a fé cristã (Mt 13:33;Mt 16:12. Foi uma mulher “sendo enganada, caiu em transgressão” (1 Tm 2:14).

A verdade é que o feminismo é uma armadilha para desviar mulheres na igreja!

Deus abençoe a todos!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *